Ajê Saluga Orixá da Saúde, prosperidade e abundância

Postado por: Alberto Ebomi at 22:15 0 Comentários
Aje Saluga, Ajé Xalunga é um Orixá que está relacionado com a saúde, a prosperidade e a abundância. Seu emblema é uma concha de pérolas, Seu Eleke (colar) se confecciona intercalando conchas e moedas. Ele é considerado caprichoso, volúvel e inconstante. Ele escolhe aleatoriamente a quem bendize-lo e entrega-lhe grandes somas de dinheiro.

As pessoas que necessitam ativamente do dinheiro, o tem como seu patrono e o adoram, colocando em um recipiente conchas e dinheiro para acolhe-lo.

aje xaluga - shaluga - ajè salunga - orisá - orixá - orisha - candomblé

CONTA LENDA DE AJÊ XALUGA - Pataki:


Itinerante da terra africana, Ajé Salunga, homem que todo mundo escutou que por sua boca fala a sabedoria da antiga civilização egípcia, com seus mistérios, seu grande conhecimento dos movimentos astrais e seus conhecimentos da natureza, se reuniu com um povo que vivia em abundância e não repartia seus bens com pessoas vizinhas que tinham fome.

Todos os saudaram: AJE OH, AJE OH, sabendo que com sua visita trairia mais desenvolvimento para eles. Mas Ajé, que não podia compreender como eles não ajudavam uns aos outros, consumindo em uma avareza inumana, não respondeu a saudação, mas disfrutou da hospitalidade.

Evidentemente, como todo o mundo sabia o que ele representava, ou seja, a riqueza, cheio de cuidados o sábio entre os sábios refletiu para que outros se dessem conta que o mais importante era que ajudassem uns aos outros.

Decidiu então falar com eles e fez um suporte e madeira de palma e folhas secas. Reuniu todo o povo e falou das virtudes que tem que estar com os demais. Mas aconteceu que ninguém o escutou.

Olófin, que seus Orixás Xangô e Yansã os servem, enviou uma tormenta de trovões e relâmpagos. Do céu caíram pedras e isso se prolongou durante meses. As pessoas desesperadas pediam e pediam que tudo isso parasse. Seus irmãos dos povos vizinhos, que arrastaram desgraça, dividiram a pobreza com eles. Ajé Xalunga rugiu: “A corrida não será o mais rápido”.

Assim que se cogitou com Olófin o fim da tormenta e que se acalmasse, reinou a unidade entre os seres humanos e os povos. Quando tudo voltou à normalidade, todos reconheceram o poder de Aje Salunga e eles aprenderam a amar e respeitar seus ensinamentos.

Odu - Oyekun Kana – Pataki de Ajê Saluga .



















Categorias:

Compartilhe

SEJA UM ASSINANTE

Inscreva-se em nossa lista de E-mail. Totalmente livre de SPAM.

0 comentários:

Alguma dúvida?! Sugestão? Deixe seu comentário.

Artigos populares
Culto afro brasileiro
Site Criado para divulgar a religião do Candomblé e a Umbanda, falando sobre Orixás, Entidades, Caboclos, Ifá, Cultura Afro-brasileira, para que os seguidores de nossa tão linda religião cada vez mais se enrriqueça de sabedoria e cultura. Axé para Todos!!!

Licença Creative Commons
Obra de divulgação, não deve ser comercializada de nenhuma forma. Não é permitido copiar artigos do blog sem a devida autorização do autor.

back to top