Featured Posts

Quem é Exú Odará: Orisa Èsù Òdàrà

Posted by Alberto Ebomi at 23:48 0 Comments
Quem é Exú Odará? Este Exú Orixá (Èsù Òdàrà)nasce no Odù Oxeturá.  Ele nasce neste Odù, e falando um pouco sobre a confusão que possa existir em relação a quem é ele, abordaremos um pouco sobre Odu Ifá e Odù diferentes para Exú leva-nos a pensar que eles são irunmọlé diferentes. Porém, Òdàrà é o 'pai' de todos os outros Exús, pois eles não são irunmọlé diferentes. A multiplicidade de caminhos e nomes é explicada, um pouco, no Odù Òsétúrá.


Exú Odara - Esu - eshu - esu - orixa - orisa - orisha - candomble - umbanda - ifa - elegua -santeria

Conta a lenda que Èşù estava envolvido em uma batalha com Orixá Ikú (Morte).
Ele estava caçando Èşù há muito tempo, Ikú vinha como uma maldição.
Ele pegou um instrumento especial de sua propriedade para cortar Èşù ao meio.
Porém, a cada vez que ele cortava Èşù as metades renasciam.
Logicamente Ikú se apavorou e saiu correndo desesperadamente.

Não somente este itọn explica como tantos Eshu vieram a aparecer, porém, é a prova de que eles são os mesmos. Grande parte da confusão em torno dos vários caminhos de Èşù vem do fato de que cada Odù e cada Orixá tem seu próprio Exú (Bara Exú).

Os Èşù para diferentes òrìsà nascem no Odù Ọwọnrin Ìwòrì onde vemos Èşù Ananaki para Şàngó, onde vemos Èşù Oke para Ợbàtálá em Ọwọnrin Ogbè.

Diz-se que a cada Orí que é criado um Èşù é acoplado a ele.


Alguns nomes de Èşù são bem conhecidos tais como:


Èşù Láròóyè que se traduz como: Perto das mães. Este Eshu está associado à Oxumsún)e carrega o àse da sensualidade e da fertilidade.

Exú Elekun é aquele que está associado aos guerreiros. Elekun significa Senhor do leopardo e estão associados com força, astúcia e coragem. Características que refletem o àse de Ògún.
Èşù Láàlú é o Èşù da dança, dança que provoca possessão.

Exú Iseri é o Èşù do orvalho da manhã e refere-se às plantas da floresta e está associado à Osányìn.
Exú Oro é o Èşù do poder da palavra (Ìká) é o Èşù que coloca o àse em nossas orações e invocações.

Existem muitos outros nomes ou podemos dizer de Èşù.
Dizem que eles são 21 (vinte e um), mas na realidade são muito mais.
Exú é comumente conhecido como: O Malandro, nome que representa a oportunidade. Porém, devemos questionar se este é realmente o papel mais importante de Èşù.
Ele é o executor cármico que simplesmente proporciona efeito em suas ações. As boas e as más.

Ele nos lembra de que nós, e somente nós, somos responsáveis por nossas ações. Não culpe Òlódùmarè, ele não se envolve em assuntos cotidianos, não culpe seus pais, seu chefe ou o seu cônjuge. Culpe-se por não se corrigir e não resolver seus conflitos internos.

Orixá Èşù é o princípio do caos e da transformação. Ele nos empurra a crescer, ele é causa e efeito. Ele faz a mediação entre os seres humanos e os Ajogun. Por fim, Ele é o guardião e o conferidor do Axé.

Àse imbui o som, o espaço, a energia e a matéria com a reestrutura existente. Para depois transformar e controlar o mundo físico.
Reduzir Èşù a fabricante de maldades ou trapaceiro é ser completamente idiotia e ignorante do seu verdadeiro papel no universo.
Èşù nos provoca a pensar antes de agir, para que suas escolhas e livre arbítrio possam afetar o seu destino.

Um verso de Ogbè’ worin ilustra este aspecto de Eshu.
Pressa é desnecessária para o sucesso.
Alguém pode se envolver em atividades criminosas.
Foi lançado Ifá para Ọrúnmìlà.
No dia em que ele iria implorar por um filho à òrìsà. Ele foi avisado a cuidar da Terra e fazer ebó (significados de Ebó).

No Candomblé o seu dia é segunda feira, suas contas (dilogun, guias) sãos o preto e vermelho, ou todas as cores juntas, a saudação (Oriki) é Laroiê, come padê, adora bebidas (cachaça), também sempre é o primeiro em tudo. Já na Umbanda ele não é cultuado, pois os Exús de Rua não são Orixá, são espíritos (Eguns).

Cânticos (saudação à Exú Orisá)


Orisà Oxossi vive com Inle e Abata: Lenda

Posted by Alberto Ebomi at 13:55 0 Comments
Orisà Oxossi (Odé) vivia em uma cabana no meio da mata em ILÉ Oxodé,  onde todos o temiam pelo poder que tinha com OGUN (seu irmão). Foram procurar um OMOLOGU (feiticeiro) de outra terra para destruir OXÓSSI. O OMOLOGU chegou então com seus homens até a cabana com a finalidade de roubar o fundamento dele, enquanto Oshoosi  (Oxosse) dormia. Colocou incenso na porta, fez seu ritual e entrou.

Oxossi - Inle - Odé - caçador - candomblé - umbanda -

OXÓSSI acordou e ao notar o que estava acontecendo, fez uma mojugba e logo as pernas do OMOLOGU se cobriram de feridas. Ele teve que sair da cabana de OXÓSSI sem conseguir seu objetivo, mas deixou uma maldição para que OXÓSSI, através de um encantamento maligno, ficasse com suas pernas debilitadas.

E o tempo passou e um dia OSÓSI estava na selva caçando, quando foi atacado surpreendentemente por um tigre ao qual pode matar, mas este feriu suas pernas gravemente. Arrastando-se, foi até a casa de seu irmão INLÉ, o qual vivia em sua cabana no rio.

OXÓSSI desmaiou na margem do rio e seu sangue correu rio abaixo. INLÉ e sua mulher ABATA estavam pescando e ao ver o sangue, subiram rio acima e o encontraram. Os dois o carregaram e o levaram até sua cabana, onde INLÉ, com seus conhecimentos curativos, o curou e OXÓSSI se restabeleceu completamente. INLÉ e ABATA o levaram até a Casa de ORUNMILÁ, o qual disse:

“Só permanecendo unidos para sempre, poderão anular o encantamento de OMOLOGU”.

OXÓSSI em agradecimento pelo que seu irmão e sua cunhada haviam feito por ele, disse:

“Juro em frente a você ORUNMILÁ, que de hoje em diante todos os meus filhos, ao fazerem e se consagrarem em OSHA (orixá), chegarão com ABATA abraçada a sua direita e INLÉ abraçado a sua esquerda e tocarão à porta para chamar os OSHAS com os OTÁS destes que me salvaram a vida, mas se ainda assim é pouco e, enquanto se efetue as Cerimônias de ODO (rio), INLÉ permanecerá no joelho esquerdo e ABATA no joelho direito.

- Depois disso ORUNMILÁ disse:
“Mas falta algo. Vão à Casa de OGUM e peçam a ele dois cachorros, ARISTASI e ARISTAMASI, para que vigiem à noite e OMOLOGU nunca mais se aproxime de seus territórios."

Assim viveram os três, felizes graças a ORUNMILÁ.

Observação: Essa é uma das razões do porquê os filhos de OXÓSSI entram com INLÉ e ABATA no momento da consagração desse ORIXÁ.

Este Orixá pertence a linhagem dos Odés (caçadores), no Candomblé possui muitas qualidades (caminhos), também existe Oxossi na Umbanda, entretanto, não é Orixá.

SAUDAÇÃO DE OXOSSI – LETRA E TRADUÇÃO


OFERENDA A YEMANJÁ E OGUM (ADIMU)

Posted by Alberto Ebomi at 12:22 0 Comments
Com o final de ano chegando, devemos agradar os Orixás Yemanjá e Ogum e com esta oferenda (Adimu) entraremos o ano bem, com saúde, prosperidade e caminhos abertos, não importa se você é do Candomblé, Umbanda, Ifá ou de culturas diferentes, entre os vários frutos que a mãe terra nos oferece, este é um fruto que apetece e é de agrado a IEMANJÁ e OGUN.

Não importa o tamanho e a variedade da MELANCIA. Estes dois ORISHÁS gostam muito e há múltiplos usos do.
 
Ogum e yemanja - oferenda - adimu - agrado de final de ano
 
A ORIXÁ YEMANJÁ se oferece inteiro, em porções, só ou acompanhada de melado de cana.
Picando sua polpa e oferecendo em um recipiente com melado de cana, torresmos de porco frito e bananas verdes raladas bem fininhas, fritas (como batata chips).
Também se oferece a MELANCIA com 7 bandeiras azuis, aberta ou inteira. Sempre com melado de cana por cima.

Acenda uma vela de 7 (sete) dias e deixe tudo por 7 (sete) dias e depois deixe em uma praia, ou se não for viável, deixe em uma mata onde haja água corrente.
 
adimu de yemanjá e orixá ogum
 
Ao Orixá Ogum, se oferece inteira em frente a seu assentamento (quem não tiver o ORISÁ assentado, faça na intenção dele) ou cravada em um de seus facões ou ferramentas.
Ofereça também em pedaços e com bastante mel de abelhas e ATARÉ (pimenta da costa) em cima da mesma.

Pode-se oferecer a OGUN uma ou seus números ou marcas 3 ou 7.
Limpe-se em com ela em frente ao ORISHÁ. Depois de 3 (três) dias, deixe tudo em uma mata ou linha de trem.
 
adimu - oferenda de ogum e yemanjá

Mais Oferendas para Yemanjá:


>> Comida para Yemanjá – Oferenda <<


>> Qualidades, Caminhos do Orixa Yemanjá <<


>> Saudação a Iemajá: Letra Yoruba e Tradução <<

 

Cânticos do Ogum (letra)


















Obatalá provoca a inveja e é feito em mil pedaços

Posted by Alberto Ebomi at 23:52 0 Comments
Conta lenda que o Orixá Obatalá (Oxalá) provoca a inveja e é feito em mil  pedaços, pois como conta o iton,  Obatalá foi ao mercado e comprou um escravo. Pôs o escravo trabalhando em sua terra. O escravo trabalhou duro e a terra floresceu (prosperou).

Oxala - obatala - orisha - orinxala - oxaguian - oxalufan - orisa - candomble - umbanda - culto - africa

Então Orisha Obatalá ficou muito feliz. Todos ficaram com inveja da plantação de Obatalá. Um dia Obatalá estava caminhando por suas terras quando 0 escravo, subornado pelos invejosos, rolou uma imensa pedra sobre ele e o esmagou. A pedra esmagou Obatalá e seu corpo foi feito em mil pedaços.

Olorum viu tudo isso e, descontente, mandou Exu recolher os mil pedaços de Oxalá. Exu recolheu de Obatalá todos os pedaços que encontrou, mas não pôde encontrar todas as partes. Levou o que pôde a Olorum e Olorum juntou os pedaços e de novo deu vida a Oxalá.

Mas Exu não pôde de fato encontrar todas as partes, pois muitas delas se perderam longe, muito longe. Por isso, dizem.

Obatalá está espalhado pelo inundo inteiro. Obatalá está em todo lugar.


Mais lendas e fundamentos sobre Oxalá






Orixá Ossain dá uma folha para cada um dos Orixás

Posted by Alberto Ebomi at 10:29 0 Comments
Conta o Iton (Lenda) que Ossaim dá uma folha para cada orixá, o senhor das folhas, também filho de Nanã e irmão de Oxumarê, Ewá e Obaluaê,  era o senhor das ewê, da ciência e das ervas, o orixá que conhece o segredo da cura e o mistérios da vida. Todos os orixás recorriam a Ossaim para curar qualquer moléstia, qualquer mal do corpo Todos dependiam de Ossaim na luta contra a doença. Todos iam à casa de Ossaim oferecer seus sacrifícios.

Ossain da uma folha (erva) para cada orixá - candomblé - umbanda

Em troca Ossaim lhes dava preparados mágicos: banhos, chás, infusões, pomadas, abô (banho de ervas), beberagens.

Curava as dores, as feridas, os sangramentos; as disenterias, os inchaços e fraturas; curava as pestes, febres, órgãos corrompidos; limpava a pele purulenta e o sangue pisado; livrava o corpo de todos os males.

Um dia Xangô, que era o deus da justiça, julgou que todos os orixás deveriam compartilhar o poder de Ossaim. conhecendo o segredo das ervas e o dom da cura.

- Xangô sentenciou .que Ossaim dividisse suas folhas com os outros orixás.

Mas Ossãe negou-se a dividir suas folhas com os outros orixás Xangô então ordenou que Iansã soltasse o vento e trouxesse ao seu palácio todas as folhas das matas de Ossaim para que fossem distribuídas aos orixás, Yansã fez o que Xangô determinara.

Gerou um furacão que derrubou as folhas das plantas e as arrastou pelo ar em direção ao palácio de Xangô. Ossaim percebeu o que estava acontecendo e gritou:

*Euê uassá!*.

"As folhas funcionam!"

Ossaim ordenou às folhas que voltassem às suas matas 1 e as folhas obedeceram às ordens de Ossaim.

Quase todas as folhas retomaram para Ossaim.
As que já estavam em poder de Xangô perderam o axé, perderam o poder de cura.
O orixá-reí, que era um orixá justo, admitiu a vitória de Ossaim.

Entendeu que o poder das folhas devia ser exclusivo de Ossãe e que assim devia permanecer através dos séculos. Ossaim, contudo, deu uma folha para cada orixá, deu uma ewê para cada um deles.
Cada folha com seus axés e seus ofós, que são as cantigas de encantamento, sem as quais as folhas não funcionam.

Ossaim distribuiu as folhas aos orixás para que eles não mais o invejassem.
Eles também podiam realizar proezas com as ervas, mas os segredos mais profundos ele guardou para si.

Ossayim não conta seus segredos para ninguém, Ossain nem mesmo fala.

Fala por ele seu criado Aroni.
Os orixás ficaram gratos a Ossaim e sempre o reverenciam quando usam as folhas.

Cânticos de Ossain no Candomblé


Quem é OLÓFIN ou OLÓFI?

Posted by Alberto Ebomi at 18:28 0 Comments
Quem é OLÓFIN ou OLÓFI? Ele é a terceira manifestação de OLODUNMARÉ, do Yorubá Òlófin (dono do palácio). Seu palácio é o céu e sua corte real os Orixás. É ele que está em contato direto como os homens através dos Orixás, é ele quem os dirige e supervisiona seus trabalhos. Nada se consegue sem sua mediação. Vive retirado e poucas vezes baixa ao mundo como energia.

Olorun - olorin - olofi - olodumare - olodunmare - orixas -candanmble - umbanda - deuses - santos - orishas

Olófin é quem repartiu o axé a cada Orixá (sua relação com as energias da natureza) e tem os segredos da criação. Olófin permitiu que Orunmilá baixasse a Terra como profeta utilizando todos os Orixás, e para prevenir da morte apoia os homens em Ozun. Os Babalaôs o recebem em Ifá. Aquele que tenha o seu assentamento, não pode fazer nada sem antes atende-lo. Seu axé e contato direto com os homens estão reservados a poucos sacerdotes.

OLÓFIN


Olófin, este vocábulo que começa com a sílaba Òló que significa extensão, expansão e conclui com a sílaba Fin, que quer dizer “pinta”, “mancha” dentro da imensa extensão ou espaço desse mundo. É por isso que Olófin é o primeiro responsável, ante Olodumaré, por todas as cabeças e coisas que existem nesse mundo e com poder sobre os outros santos ou deidades já conhecidos de nossa religião como, por exemplo: Oduduwá, OLOKUN, ORISHAOKO E YEWÁ.

Olófin é a cabeça direta de todas as coisas que estão em relação direta com Olodunmaré sobre a face da Terra. É por isso que todos os santos têm que contar com a aprovação de OLÓFIN para a realização de todas as coisas e atos da vida.

A imagem ou secretos consagrados a Olófin só podem ter um OMOCOLAGBA, Oluwós que regem em Oruminlá , OBA que é o signo pelo qual está conceituado como OMOCOLAGBA. Essa pessoa necessita saber todos os segredos e preparar-se devidamente em ORIXÁ e depois passar pelo mesmo processo em Orunmilá e então seria quando dita pessoa viria a ser um verdadeiro OMOCOLAGBA.

Pode ter Olófin aquele Oluwó que dentre todos os Babalaôs seja ele o maior em Orunmilá. Então nas mãos desse Oluwó estará OLÓFIN e levará o adjetivo de OGBA no seio dos Oluwós e os Olo-Oshas (Omo Orixás) também. Os ONI Xangô são mais aptos e solicitados a exercerem as funções de OMOCOLAGBA. Nenhum santo pode substituir OLÓFIN em suas funções ante OLODUMARÉ neste mundo.

Pataki de Olófin: História – Iton – Lenda


Quando o mundo só estava habitado pelos Orixás e os homens criados por Oduduwá e Obatalá, estes viajavam do céu para a terra sem nenhum obstáculo. Um dia um casal subiu ao Palácio de Olófin e pediu-lhe o axé para a procriação. Depois de muito pensar, o criador consentiu, mas com uma condição, de que o filho não transpassasse os limites do Layé (Terra). O casal esteve de acordo e assim aceitou.

Meses depois nasceu o filho. Ele foi crescendo aos olhos da vigilância dos pais que toleravam todas as suas malcriações. Um dia as escondidas ele atravessou o espaço e chegou ao Orún (céu) o céu. Ali zombou dos Orixás, fez todo tipo de travessuras e faltou como o respeito com quem o repreendia. Olófin que observava o que acontecia, tomou seu bastão e o lançou com tanta força que Orún (Céu) se separou de Layé pela atmosfera que se estendeu dentre os dois. Desde esse dia os homens perderam a possibilidade de subir ao Palácio do Criador.

No Candomblé pouco se escuta falar sobre Olofin, mas no culto africando e santeria de cuba, é muito importante e comum rogar por ele (rezar).

Cânticos dos Orixás com Letra e tradução de Exú à Oxalá



Cantigas (orin) de todos Orixás com suas respectivas letras e traduções de Exú, Ogum, Oxossi, Obaluaiê (Omolu), Ossain, Oxumarê, Ewá, Nanã, Obá, Yansã, Xangô, Oxum, Logum, Yemanjá, Oxalá.

fonte: Ifanilorun

Obaluaiê salva o filho do Orixá Oxalá

Posted by Alberto Ebomi at 17:10 1 Commentario
Conta a lenda (pataki) que em uma  terra chamada MINA POPO Oxalá mandou seu filho ensinar sua religião, mas antes de partir, este não foi consultar-se com ORUNMILÁ. Ao chegar ali teve grandes dificuldades e por saber o que deveria de fazer para vencê-las, teve que ir se refugiar num pântano e ali se encontrou com ELEGUÁ que mandou seu recado para OBATALÁ, aconselhando-o que fosse consultar com IFÁ.

OBATALÁ foi consultar-se com IFÁ e este lhe mandou fazer sacrifícios, mas o que ele fez foi somente KOFIBORI e deu comida a Oxum.

oxala obaluaie - Osala - obatala - oxalufan - olofin - orunmila - omolu - jagun - candomble - umbanda - lenda - historia

>> Oriki de Oxalá – Reza do Orixá Obatalá – Vídeo <<


Quando OBATALÁ chegou à terra MINA POPO, viu ali que o que se fazia era EPÓ (azeite de dendê) e todo tipo de gorduras de odores fortes que ele não podia suportar, por isso teve que ir dali e regressou à casa de ORUNMILÁ que lhe fez alguns sacrifícios.

Quando o Orixá Funfun foi colocar as oferendas no lugar marcado, encontrou-se com um velho que perguntou o que ele fazia ali e o que estava acontecendo com ele que estava em tão más condições.

OBATALÁ lhe contou o relacionado com seu filho e o velho, que era AZOWANO (Obaluaiê) lhe disse: Ele está em minha casa. Ele estava perdido e estava em apuros e o Orixá Exú o encontrou e o levou para minha casa e depois avisou a você. Espere-me aqui que vou trazê-lo.

Quando AZOWANO partiu em busca do filho de Oxalá, se encontrou com ELEGUÁ e seguiram juntos e resgataram o filho de OBATALÁ, pois seus inimigos já o haviam tomado, porém eles tomaram-no de volta e o levaram a Osala.

OBATALÁ, muito emocionado disse a AZOWANO: O que você deseja que eu possa lhe dar por haver salvado meu filho? E AZOWANO (Omolu) lhe pediu que ele lhe desse EPÓ, VINHO SECO e AWADÓ. Então ele deu condições para que ele tivesse tudo isso e para que nunca mais lhe faltasse e ELEGUÁ (Eshu) lhe deu OTI (cachaça) para que tampouco lhe faltasse também.

Xirê no Candomblé de Omolu (completo)


O olubajé, reza, letra, tradução, os toques do banquete do Rei. Axé ô!
Ifá Ni L’Órun
Religião
Spirituality Blogs - BlogCatalog Blog Directory Central Blogs Juntos no Candomblé

Criado para divulgar a religião do Candomblé e a Umbanda, falando sobre Orixás, Entidades, Caboclos, Ifá, Cultura Afro-brasileira, para que os seguidores de nossa tão linda religião cada vez mais se enrriqueça de sabedoria e cultura. Axé para Todos!!! Licença Creative Commons
Obra de divulgação, não deve ser comercializada de nenhuma forma. Não é permitido copiar artigos do blog sem a devida autorização do autor..
.

Divulgar Blogs

back to top