As Qualidades do Orixá Exú e seus Caminhos

Postado por: Alberto Ebomi at 22:59 0 Comentários
Qualidades de Exú, Bara, Elebgara, Esù, Eshu dentro culto ao  Orixá, também conhecidos caminhos, com os seus nomes,  significados e tipos.

As qualidades de Exú são muitas, mas vale lembrar que Exú é um só, subdividido em diversos arquétipos e características singulares. Na sua grande maioria as Qualidades de Exú, são atribuídas as cidades onde passou (viveu).

Qualidades de Exú - eshu - esu - bara - elegabara - eleguá - caminhos - tipos - significados -


As Qualidades de Exú


  • ABANADÁ é a qualidade de Bara Exú utilizada com eficácia nos axés de limpeza, descarrego de ebós negativos, quizilas.

  • ADAGUE é qualidade de Exú que zela pelos caminhos, mesmo que no caminho haja um trabalhador específico, ela atua como zelador. Recebe suas oferendas nas encruzilhadas; seu assentamento é feito dentro do templo; é um dos mais requisitados, pois faz a frente de Ogum, Oiá, Xangô, Odé, Otim, Obá, Ossãe e Xapanã.

  • ÀGBÁ pai-ancestre, representação coletiva de todos os Exús individuais.

  • AGELÚ, Ajelú ou Ijelú é o chamado menino, o mais novo dos Barás. Talves seja um dos mais cultuados e utilizados em axés, principalmente de amarração, correção de distúrbio de personalidade principalmente dos filhos de Barás Olodês. Este é o Orixá Exú que faz a frente dos Orixás de água, Oxum, Iemanjá e Oxalá.

  • Além do epô, usa-se mel nas suas  comidas, adimus (oferendas).
  • ALADI dono do óleo do caroço de dendê.
  • Alakétu = título dado a exú pelos kétu da Bahia - rei do povo Kétu 

  • ALUPANDA, utilizado nos axés de descarrego onde envolve a entidades ligadas a casa de Nanã, como Omulu e Xapanã.
  • ALUVAIA o mais humano de todos os Orixás possui todas as qualidades e defeitos.
  • Bara = o rei do corpo (obá + ara) (princípio de vida individual)
  • BI, auxiliar nos axés de rua do Bará Agelu.
  • BURUCU, auxiliar direto das entidades envolvidas com espíritos obsessores.
  • DEMÍ, Bará muito requisitado para axés que envolva dinheiro.
  • ELEBO, senhor-das-oferendas.

  •  ELEGBÁRA ou legba é senhor do poder, da força. Uma divindade Vodoun entre os Nàgó, e é visto como o senhor do caos e da destruição.

  • ELEPÔ, dono do azeite-de-dendê.
  • ELÉRÚ senhor do erú, carrego.

  • ENÚ-GBÁRIJO explicitador de mensagens, conseguindo transformar todos meios de comunicação de maneira a tornar-se conhecido e eficaz.

  •  GOGÓ, este caminho de Bará, Divino Executor.
É a qualidade de Exú conhecido também como o responsável pela recompensa divina a todos os atos dos seres humanos, desencarnados e encarnados. Exu Gogó conhece todas as nossas reencarnações estende sua ação através destes diversos ciclos encarnatórios.

Aquilo que costumamos chamar lei do retomo é exatamente a função do Exú Gogó fazer este retorno acontecer: O bem recompensado com o bem; o mal recompensado com o mal. Dentro destas atribuições de cobrança espiritual e material encontra-se sempre a chance de todos se arrependerem, pagarem por seus erros e tomarem um outro ritmo de vida. Quando isto não acontece numa vida, poderá ser resgatado numa próxima encarnação.
  • LALU, Bará observador, aquele que tudo vê, silencioso. Gosta de resolver questões difíceis, problemas que aparentemente não tem solução, gosta de quebrar mandigas.
Prefere seus presentes em estradas de areia ou de barro,recebendo seus axés em uma das margens da estrada.
  • LANàé qualidade de Exú dos caminhos. Trabalha nos cruzeiros e todos tipos de encruzilhada. Tem as mesmas atribuições do Bará Adague. Responde também nos cruzeiros de mato.


    • LODÊ, Olodé .Tem seu assentamento feito do lado de fora do templo. Divide sua morada com Ogum Avagãn.
    É o Orixá que mantém a estrutura do templo; a sustentação dos terreiros depende do Bará Olodê, aquele que fica fora no relento, ou a frente.
       
       
    • OBÁ, Bará rei-de-todos.

    • ODARÁ o Senhor da Felicidade aquele que guia, mostra o caminho, vai na frente. O bará da paz,do branco,o verdadeiro exu de ORIXALÁ. Qualidade de Exú Gosta de trabalhar para restaurar a harmonia e sintonia perfeita da família dentro da sua casa.
    • OJÌSE-EBO, Encarregado de transportar as oferendas.
    • Okoto, o Senhor do Caracol.
    • OLÒBE, proprietário e senhor da faca. Saudado em todo axé que envolva sangria.

    • ONIDU, dono do carvão. Entidade encarregada em limpeza e proteção principalmente contra Eguns, trabalha muito bem vinculado a Ossaim.

    • OPIN é o Bará que deve ser evocado sempre que queremos estabelecer um local como sagrado.
    É ele quem faz a demarcação dos limites que separam o espaço sacralizado do espaço comum.
    Fazem-se uma construção qualquer e nela queremos instalar os nossos assentamentos de Orixás, além de evocar o exu do nosso caminho pessoal será necessário pedir a Exú Opin que aceite uma oferenda para consagrar o lugar.

    A partir daquele local deve passar a ser usado exclusivamente para fins religiosos, e deve haver uma separação bem nítida entre este espaço e o espaço livre para a circulação.

    No caso de se colocar, por exemplo, um assentamento dentro de casa, é aconselhável colocá-lo sobre uma esteira e, se possível cercar em volta com uma outra esteira.
    • ORO é o responsável pela transmissão do poder através da fala. Ele é quem dá para os sacerdotes e sacerdotisas o poder de acionar as forças espirituais através das evocações sagradas: preces, encantações, cânticos. 

    Existem algumas palavras de grande axé usadas nos rituais sagrados que muitas vezes não se conhece a tradução. Elas funcionam como códigos para abrir certos portais do mundo invisível, acionando o poder para transformar nossas vidas.

    Somente Bará Oro conhece estes segredos, e somente ele pode dar a autorização necessária para entrarmos nestes mistérios.


    • TIRIRI, muito utilizado nas vibrações em que envolva justiça pois este Bará esta vinculado a energia de Xangô.

    TOLABÍ, ou Talabi, entidade Bará vinculado as entidades de Oxum, sendo muito utilizado para vibrações em que envolva vícios e parte financeira.
    • TOQUÍ, aquele que carrea coisas pequenas.
    • YANGI , pedra vermelha de laterita, primeira protoforma existente – água + terra.
    • WARA é o Bará que controla os relacionamentos Interpessoais. Ou seja: amizade, sociedade de negados, casamento, companheirismo de trabalho, vinculo familiar, fraternidade religiosa... Enfim, todos os tipos de relacionamentos só possuem um estado de plena compreensão, harmonia e verdadeira colaboração quando aprovados por Ele. Sempre que se planeja estabelecer um novo vinculo é aconselhável consular Bará Wara e, de preferência, fazer-lhe uma oferenda de apaziguamento, para que tudo possa ocorrer sempre na mais perfeita ordem, sem possibilidades de atrito, confusão, mal-entendidos, etc...

    Mais sobre o Orixá Exú

     




    Gostou  de conhecer as qualidades do Orixá Exu, no site temos muitos artigos sobre este santo e postagens de Candomblé, e também sobre Exús de Umbanda, Exú Caveira


    Compartilhe

    SEJA UM ASSINANTE

    Inscreva-se em nossa lista de E-mail. Totalmente livre de SPAM.

    0 comentários:

    Alguma dúvida?! Sugestão? Deixe seu comentário.

    Artigos populares
    Culto afro brasileiro
    Site Criado para divulgar a religião do Candomblé e a Umbanda, falando sobre Orixás, Entidades, Caboclos, Ifá, Cultura Afro-brasileira, para que os seguidores de nossa tão linda religião cada vez mais se enrriqueça de sabedoria e cultura. Axé para Todos!!!

    Licença Creative Commons
    Obra de divulgação, não deve ser comercializada de nenhuma forma. Não é permitido copiar artigos do blog sem a devida autorização do autor.

    back to top