Umbanda – as Crianças – O Erê

Posted by Alberto Ebomi at 11:33 34 Comentarios

erê Umbanda O Erê (espíritos de Crianças) na Umbanda


O Erê (espíritos de Crianças) na Umbanda são a alegria que contagia a Umbanda e o Candomblé. Descem nos terreiros (casa da Umbanda ou Casa de Candomblé) simbolizando a pureza, a inocência e a singeleza. Seus trabalhos se resumem em brincadeiras e divertimentos. Podemos pedir-lhes ajuda para os nossos filhos, resolução de problemas, fazer confidências, mexericos, mas nunca para o mal, pois eles não atendem pedidos dessa natureza. 

São espíritos que já estiveram encarnados na terra e que optaram por continuar sua evolução espiritual através da prática de caridade, incorporando em médiuns nos terreiros de Umbanda. Em sua maioria, foram espíritos que desencarnaram com pouca idade (terrena), por isso trazem características de sua última encarnação, como o trejeito e a fala de criança, o gosto por brinquedos e doces. 

Assim como todos os servidores dos Orixás, elas também tem funções bem específicas, e a principal delas é a de mensageiro dos Orixás, sendo extremamente respeitados pelos caboclos e pelos pretos-velhos.

É uma falange de espíritos que assumem em forma e modos, a mentalidade infantil. Como no plano material, também no plano espiritual, a criança não se governa, tem sempre que ser tutelada. É a única linha em que a comida de santo (Amalás), leva tempero especial (açúcar). É conhecido nos terreiros de Nação e Candomblé, como (ÊRES ou IBEJI). Na representação nos pontos riscados, Ibeji é livre para utilizar o que melhor lhe aprouver. A linha de Ibeji é tão independente quanto à linha de Exú

Ibeijada, Erês, Dois-Dois, Crianças, Ibejis, são esses vários nomes para essas entidades que se apresentam de maneira infantil. 

No Candomblé, o Erê, tem uma função muito importante. Como o Orixá não fala, é ele quem vem para dar os recados do pai. É normalmente muito irrequieto, barulhento, às vezes brigão, não gosta de tomar banho, e nas festas se não for contido pode literalmente botar fogo no oceano. Ainda no Candomblé, o Erê tem muitas outras funções, o Yaô, virado no Erê, pode fazer tudo o que o Orixá não pode, até mesmo as funções fisiológicas do médium, ele pode fazer. O Erê muitas vezes em casos de necessidade extrema ou perigo para o médium, pode manifestar-se e trazê-lo para a roça, pegando até mesmo uma condução se for o caso.

Na Umbanda mais uma vez, vemos a diferença entre as entidades/divindades. A Criança na Umbanda é apenas uma manifestação de um espírito cujo desencarne normalmente se deu em idades infanto-juvenis. São tão barulhentos como os Erês,  embora alguns são bem mais tranqüilos e comportados.
No Candomblé, os Erês, tem normalmente nomes ligados ao dono da coroa do médium. Para os filhos de Obaluaiê, Pipocão, Formigão, para os de Oxossi, Pingo Verde, Folinha Verde, para os de Oxum, Rosinha, para os de Yemanjá, Conchinha Dourada e por ai vai. 

As Crianças da Umbanda tem os nomes relacionados normalmente a nomes comums, normalmente brasileiros. Rosinha, Mariazinha, Ritinha, Pedrinho, Paulinho, Cosminho, etc...
As crianças de Umbanda comem bolos, balas, refrigerantes, normalmente guaraná e frutas, os Erês do Candomblé além desses, comem frangos e outras comidas ritualisticas como o Caruru, etc...  Isso não quer dizer que uma Criança de Umbanda não poderá comer Caruru, por exemplo. Com Criança tudo pode acontecer.

Quando incorporadas em um médium, gostam de brincar, correr e fazer brincadeiras (arte) como qualquer criança. É necessária muita concentração do médium (consciente), para não deixar que estas brincadeiras atrapalhem na mensagem a ser transmitida. 

Os "meninos" são em sua maioria mais bagunceiros, enquanto que as "meninas" são mais quietas e calminhas. Alguns deles incorporam pulando e gritando, outros descem chorando, outros estão sempre com fome, etc... Estas características, que às vezes nos passam desapercebido, são sempre formas que eles têm de exercer uma função específica, como a de descarregar o médium, o terreiro ou alguém da assistência. 

Os pedidos feitos a uma criança incorporada normalmente são atendidos de maneira bastante rápida. Entretanto a cobrança que elas fazem dos presentes prometidos também é. Nunca prometa um presente a uma criança e não o dê assim que seu pedido for atendido, pois a "brincadeira" (cobrança) que ela fará para lhe lembrar do prometido pode não ser tão "engraçada" assim.
Poucos são aqueles que dão importância devida às giras das vibrações infantis.

A exteriorização da mediunidade é apresentada nesta gira sempre em atitudes infantis. O fato, entretanto, é que uma gira de criança não deve ser interpretada como uma diversão, embora normalmente seja realizada em dias festivos, e às vezes não consegamos conter os risos diante das palavras e atitudes que as crianças tomam.

Mesmo com tantas diferenças é possível notar-se a maior características de todos, que é mesmo a atitude infantil, o apego a brinquedos, bonecas, chupetas, carrinhos e bolas, como os quais fazem as festas nos terreiros, com as crianças comuns que lá vão a busca de tais brinquedos e guloseimas nos dias apropriados. A festa de Cosme e Damião, santos católicos sincretizados com Ibeiji,  à 27 de Setembro é muito concorrida em quase todos os terreiros do pais. 

Uma curiosidade:  Cosme e Damião foram os primeiros santos a terem uma igreja erigida para seu culto no Brasil. Ela foi construída em Igarassu, Pernambuco e ainda existe.

As festas para Ibeiji, tem duração de um mês, iniciando a 27 de setembro (Cosme e Damião) e terminando a 25 de outubro, devido a ligação espiritual que há entre Crispim e Crispiniano com aqueles gêmeos, pela sincretização que houve destes santos católicos com os "ibejis" ou ainda "erês" (nome dado pelos nagôs aos santos-meninos que têm as mesmas missões.

Nas festas de ibeiji, que tiveram origem na Lei do ventre-Livre, desde aquela época até nossos dias, são servidos às crianças um "aluá" ou água com açúcar (ou refrigerantes adocicados no dia de hoje), bem como o caruru (também nas Nações de Candomblés).

Não gostam de desmanchar demandas, nem de fazer desobsessões. Preferem as consultas, e em seu decorrer vão trabalhando com seu elemento de ação sobre o consulente, modificando e equilibrando sua vibração, regenerando os pontos de entrada de energia do corpo humano.

Esses seres, mesmo sendo puros, não são tolos, pois identificam muito rapidamente nossos erros e falhas humanas. E não se calam quando em consulta, pois nos alertam sobre eles.

Muitas entidades que atuam sob as vestes de um espírito infantil, são muito amigas e têm mais poder do que imaginamos. Mas como não são levadas muito a sério, o seu poder de ação fica oculto, são conselheiros e curadores, por isso foram associadas à Cosme e Damião, curadores que trabalhavam com a magia dos elementos.


Compartilhe

Siga por Email

Inscreva-se em nossa lista de E-mail. Nunca'iremos compartilhar o seu endereço de e-mail.

34 comentários:

  1. RESPONDE MINHA PERGUNTA POR FAVOR ! Olá, tenho 15 anos e frequento o candomblé. NÃO sou feito no santo mas quando tem candomblé meu orixa vem. Por enquanto sou de Xangô com Oyá. Meu orixá já pediu pra várias vezes pra eu fazer o santo mas ainda n fiz. Vai ter a festa de Ere e eu gostaria de saber se meu Ere vai vir. Se corre o risco dele não vir. E também se ele vir ele pode dar o nome dele ou só quando eu fizer o santo ? Me responda por favor. Agradeço !!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olha o Erê não tem obrigação de vir, pois isso depende muito do seu orixá permitir, agora sobre o nome dele... Ele será batizado, ou aparecerá o Erê do santo que for seu pai realmente só na feitura. Sorte axé!

      Excluir
  2. Olá por favor me tire uma dúvida... se eu fizer um trabalho ( demanda) qualquer erê de minha casa, do terreiro que frequento pode desfazer por pura " brincadeira de criança" sem ordens superiores? mesmo pelo fato de ser criança, ele pode fazer isso por farra??
    desde já agradeço!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Felipe, olha isso pode depender de qual tipo de trabalho que você venha fazer, se o trabalho (ebó, oferenda, obrigação, etc) vir de ordem superior (exú, orixá por meio de um jogo), não ele não pode interferir nisso.

      Excluir
  3. ola boa tarde queria saber quem e meu erê um pai disse q sou filha de oxaguian e iemanjá

    ResponderExcluir
  4. Normalmente o Erê que traz seu nome ou mediante um jogo de buzios, mas Eres de Oxaguian: pombo branco, pilãozinho, escudo, atori, ibi, caramujo, etc..

    ResponderExcluir
  5. Boa noite meu nome é marcio tenho 15 anos sou filho de oxossi e yemanja frequento a umbanda e gostaria muito de reseber meus orixas oque eu faso para iso aconteser ???

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olha não existe Orixá na Umbanda, mas se você está falando da Falange de Oxossi e Yemanjá, eu só posso te dizer que na sua religião existe um tempo para o desenvolvimento do cavalo (você) para com os santos e isso pode levar algum tempo ou não. Eu acho que você deve ter paciência e continuar com o seu caminho espiritual que é sempre de desenvolvimento. Sorte axé.

      Excluir
  6. Sou de oyá e ogum gostaria de saber quem é meu Ere??

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Samuel olha não é possível identificar o Erê pelos seus pai e mãe de cabeça, o Erê é ele que traz o seu nome e se apresenta e é batizado. Sorte axé!

      Excluir
  7. Olá, meu pai de santo disse que sou de oxaguian com Iemanjá. Aí queria saber se meu erê pode encostar ou até mesmo vim sem eu ser feita e sem que nunca meu orixá tenha vindo? E tbm quero saber os nomes dos erês de oxaguian, pq meu pai de santo recebeu o nevoeiro e ele disse que o nevoeiro não é dele e sim de alguém da casa.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sem problemas, não existe regra neste sentido, mas é muito comum quando o Erê ainda não vira (recebe) O Orixá trazer ele na Obrigação. Sorte axé!

      Excluir
  8. Sou de Iansa com Omulu. Gostaria de saber os nomes dos eres feminina de iansa. Frequentava uma umbanda de linha branca e trabalhava com Doum. Agora estou numa casa de Umbanda traçada e ando sonhando com uma menina muito sapeca dizendo que é minha. Vou dar minhas obrigações em junho. Acho que ela deve vir com as obrigações. Mas estou curiosa com os nomes. Ase!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá irmã vamos lá, Ventania, raio, tempestade, etc...

      Excluir
  9. Ola boa noite, sou filho de Osoguian e meu ere veio dando o nome de pilaozinho. Como pode ele da o bome sem eu ser feito e sem ele ser batizado?

    Se apresenta assim na umbanda !!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Irmão sobre o nome não há problema, pois é o próprio Erê quem dá o seu nome, após isso ele é batizado dentro de uma casa de axé (ritual). Mas na Umbanda, eu já discordo, pois Pilãozinho é um nome completamente típico de casa de Axé (Candomblé, etc). Sorte axé irmão!

      Excluir
  10. Olá meu nome é Wana, não sou feita ainda no Santo mas sou de oyá, sou de ouvir muitas vozes ao mesmo tempo, só q a uma semana ouvir detalhadamente a voz de uma criança, pedindo para mim não ficar triste porque ela tbm ficaria, e desde entao do nada eu ouvi dentro da minha cabeça o nome bolinhas de fogo. Ontem não me sentir bem "acordei" com o dedo babado acho q eu estava chupando ele, e com olhos de qm chorou, em seguida sonhei com vários erês em festa. Sou médium de ver, escutar e sentir . Mas é possível o erê se manifestar msm sem ter feito santo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim Wana, é completamente normal. sorte axé!

      Excluir
  11. Olá Alberto tenho uma irma de criação que faz um ano que apresenta esse comportamento de erê só que ela tem 57 anos já levamos em médicos e eles dizem que não tem resposta para o caso dela pois ela fica normal e depois de um tempo volta a ter esse comportamento novamente então pra mim é um problema espiritual, vc acha que é possível um erê encarnar e não sair mais? Gostaria de saber muito a sua opinião sobre obrigada

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Amanda, olha infelizmente não é possível, Erê ou qualquer entidade que seja. De forma nenhuma estou descartando que exista um problema espiritual com ela, mas esse tipo de manifestação contínua (sem interrupção) não é possível. Sorte axé!

      Excluir
  12. boa tarde, me tire uma duvida, sou simpatizante da religião do candomblé´, mas é visto que o candomblé esta cada dia mais, perdendo o seu respeito ou fé (na minha opinião), por varios fatores, um deles é achar realmente uma casa que te passa uma confiança e sinceridade, por muitas delas visa o ganho financeiro, e as vezes fingem até que está com alguma entidade. sei que os Orixás só fazem o bem, por que permite que os pais e mães de santos, venha fazer o mal para os outros, me tire essa duvida. obrigado

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa tarde irmão, olha o Orixá em si, não se envolve nesses tipos de problema diretamente, mas existem outros que tomam conta das atitudes de Pais de filhos de santo, fique certo não passa despercebidos por eles, pois cabe ao zelador e ao devoto fazer o certo em todos os aspectos, passivo de punição dos mesmos. O orixá não tem uma ligação tão direta como as pessoas pensam, daí o papel de Exú Orixá levar as mensagens e as oferendas para os Deuses, pois você não não oferece nada diretamente a ele em si. Então o Orixá é restrito em alguns aspectos de cobrar ou impedir diretamente tais condutas negativas. É válido lembrar também que o Ori (cabeça, inteligência, discernimento) tem o livre arbítrio, mas não exime as condutas irregulares dos religiosos, no caso, com o Orixá (santo, entidade) na cabeça, ou fora dela. Sorte axé irmão, caso tenha mais alguma dúvida sinta-se a vontade em perguntar.

      Excluir
  13. Olá. Por duas vezes, em locais e datas diferentes (uma felas foi num gira de erê que fui ontem), o erê que mais me encantou e fui me consultar, por "coincidência" foi a Mariana. Gostaria que saber se é o msm erê ou se tem tipo um "linha/falange" de Marianas. Se sim, quais as características delas.
    Tenho tanta admiração que com ctz qdo tiver uma filha, receberá esse nome.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olha irmã, acredito sim que deve ser a mesma, ou pelo menos, ser da mesma linha, até por ser a Ereia Mariana. Fico muito feliz por estar encantada, logo percebe-se que você tem uma grande afinidade com a religião, o nome disso é simplesmente espiritualidade.

      Excluir
  14. Ola meu nome e Bianca tenho 19 anos e meu ex noivo e do candomblé e ele fica chamando erê e mim uma tal de mariazinha como isso e possivel se nao sou espirita toda vez eu fico doida ja mi gravaram em ksa brincando de boneca e eu nao lembro de nada disso meu amigo disse q toda vez q meu ex chama eu fico chorando pode mi explica isso por favor eu quero entra pro candomblé mas tenho medo de algo....

    ResponderExcluir
  15. Como posso fazer uma pergunta?

    ResponderExcluir
  16. Homens incorpora cosminha menina assim como incorpora pombo gira?

    ResponderExcluir
  17. Oi meu nome é Stefanne , sou da Umbanda e filha de Ogum com Iemanjá, meu erê tem mais possibilidade de ser menino do que menina ? Ou não tem nada a ver ?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Normalmente é menina, contudo, não é uma regra. sorte axé!

      Excluir
  18. Oi nao sou fixa na umbanda , mais admiro demais quando criança minha mae e minha madrinha fizeram promessa pra COSME E DAMIÃO ate hoje tenho meus santinhos sz nao cuido sempre mais assim que posso dou balas e bolo a eles queria muito ser mais presente nao consigo .:( bjo obrigado

    ResponderExcluir
  19. Olá! Ainda não sou batizada no camdomble, mas meu pai de santo disse que eu sou de Oxóssi e iansa. Já fui várias vezes para o terreiro participar de festas mas nunca incorporei o santo na hora sinto tonturas coração acelerado arrepios . É normal o santo baixar ou não ? Qual é meu erê ?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, é perfeitamente normal ele não baixar (virar), pois ele só terá esta obrigação após a iniciação. Agora sobre o seu Erê (criança), só quando ele chegar (virar), normalmente o Orixá solta ele (permite), mas as vezes ele vem antes, sempre como auxílio. Sorte axe"

      Excluir

Você da Umbanda ou do Candomblé que quer deixar uma observação fique a vontade, seu comentário será de ajuda para mim e para os outros leitores do site que estão a procura de aprendizagem. Sorte axé para todos irmãos.

Blogroll
Religião
Spirituality Blogs - BlogCatalog Blog Directory Central Blogs Juntos no Candomblé

Criado para divulgar a religião do Candomblé e a Umbanda, falando sobre Orixás, Entidades, Caboclos, Ifá, Cultura Afro-brasileira, para que os seguidores de nossa tão linda religião cada vez mais se enrriqueça de sabedoria e cultura. Axé para Todos!!! Licença Creative Commons
Obra de divulgação, não deve ser comercializada de nenhuma forma. Não é permitido copiar artigos do blog sem a devida autorização do autor..
.

Divulgar Blogs

back to top