Ebó – Significado Completo

Posted by Alberto Ebomi at 15:30 14 Comentarios

ebós, o que significa Qual o significado de um ebó? Dando seguimento em meu trabalho em ensinar o pouco que sei dentro do culto religioso ao Orixá (candomblé ou Umbanda), trago hoje de uma forma bem explicativa e cultural o siginificado de um Ebó, já que boa parte dos espiritas acham que ébo é a simples ação (macumba) de se retirar algum negativo (mal) de uma pessoa. O termo ebó  tem pelo menos 2 significados práticos. O primeiro quando é usado para denominar um processo de limpeza, chamado também de sacudimento por muitos. O segundo quando é usado genericamente para o ato de fazer uma oferenda e as vezes para a oferenda em si, não importando se esta oferenda é uma comida ou sangue.

A palavra ebó – significa sacrifício e devemos entender isso de uma forma ampla e não somente o que requer sangue. O ebó uma oferenda a ser feita para os ancestrais ou orixá (òrìṣà) em agradecimento por benção recebidas ou na intenção de resolver problemas ou obstáculos, abrir portas e oportunidades. Os itens normalmente se compõe de itens comestíveis como frutas frescas, água, bebidas destiladas, mel e azeite. Além disso o ebó (ẹbọ) pode conter outros itens como dinheiro, roupas, búzios e ervas.

Alguns tipos de ebó são colocados dentro de casa e outros devem ser colocados no tempo. Ebó , é assim uma oferta ritual, um forte elemento e o motivo final do processo de consulta ao oráculo. Ele tem uma função central no processo de consulta. O ritual de oferta consiste de uma liturgia elaborada com objetivo de apresentar uma comida e bebida através dos quais o homem manipulará e usará para intermediar com as divindades em seu próprio benefício. O relacionamento entre os seres humanos e as divindades é expressado e obtido através da execução de rituais e liturgias, e isso ocorre em qualquer religião sendo essa, a ritualização, a base da necessidade e existência das religiões uma vez que a sua razão é a ligação entre o homem e o divino. A colocação ou citação do oráculo como parte do processo de um ebó é intencional, em se tratando de Candomblé ou de Ifá, não existe sentido em se estabelecer a necessidade de se fazer um ebó  sem que o oráculo esteja envolvido. Estamos tratando de uma processo de transmissão, equilíbrio e reposição de axé  através de orixá e com a interferência de um “operador” qualificado o sacerdote, dessa forma a necessidade disso, a composição, local, etc. tem que ter sido definido através do oráculo, é assim que as coisas funcionam, isso não é Umbanda. Os rituais e litugias conectam o mundo físico ao mundo espiritual de forma a trazer harmonia e equilíbrio para o nosso dia a dia.

A realização das liturgia e rituais através do ebó re-ordena e corrige o relacionamento entre a divindade e o homem trazendo o equilíbrio que se deseja. Segundo Abímbọ́lá, todo conflito no cosmo Yorùbá pode ser eventualmente resolvido através do uso do ebó. O sacrifício é a rama que traz a solução e tranquilidade ao universo e que ordena os problemas do dia a dia.

Quatro coisas são importantes para a eficácia de um ebó .

- A primeira é o correto uso de cada elemento ritual que é especificado para o odù que foi revelado na consulta ao oráculo.

- Segundo isto tem que ter objetivo e propósitos reais e sinceros.

- Terceiro, tem que ser espiritualmente tratado por sacerdotes.

- Quarto, existe a necessidade de existir uma integração entre o sacerdote, o consulente e as forças espirituais que serão movimentadas para se obter o resultado desejado. Mais ainda, quando este relacionamento é próximo, as ervas, se forem necessárias, irão curar de fato.

Algumas vezes o ebó  não virá na forma de uma oferenda física, mas sim através de regras de comportamento e proibições. Por exemplo, não frequentando alguns lugares, não consumindo determinado tipo de alimento, não fazendo determinado tipo de tarefa ou comportamento, adotando uma rotina de rezas, etc.. Uma parte muito importante de um ebó (ẹbọ) é se determinar a quantidade de tempo que ele vai ficar exposto e o local onde será colocado depois. Alguns Odú podem permitir colocar seu ebó (ẹbọ) em uma lixeira, mas normalmente algum lugar da natureza poderá ser a melhor escolha. Esta definição é parte do processo do oráculo. Mas em relação a seu significado o mais importante é entender que o ebó é mais do que um conjunto de itens físicos. Ele é parte de um sistema de forças e energia que é movimentado no momento em que se inicia a consulta ao oráculo, quando olódùmarè se utilizará de Orunmilá e de seus ministros, os orixá  e ancestrais, para poder mudar ou corrigir uma determinada situação, e neste processo, exu é o elemento transportador de energia, ou axé. Assim todo o conjunto espiritual que compõe os fundamentos da religião se movimentam através de uma simples consulta a Ifá, ou seja, um jogo de búzios. Não podemos entender o significado de um ebó (ẹbọ) se não compreendermos este sistema metafísico que está envolvido e suas diversas engrenagens.

 

Abaixo coloco um video apropriado para aqueles que nunca viram um ebó sendo feito, no caso é um ebó de limpeza para retirar negatividade.

Ebó de Araiê, trabalho que é feito para despachar negatividades da parte de Egun e de Exú.
A antinga apelidada como (limpeza de corpo) feito para desobistruir todos os caminhos da vida tanto financeiro, profissional ou amoroso.
Cada terreiro ou Ilê faz de maneira diferente dependendo da nação.

 

 


Compartilhe

Siga por Email

Inscreva-se em nossa lista de E-mail. Nunca'iremos compartilhar o seu endereço de e-mail.

14 comentários:

  1. estou com uma duvida: hj se completa 9 dias que passei por um ebó de limpeza pra tirar egum e maria mulambo na denominação ANGOLA, inclusive estou na diéta que me foi impósta a 17 dias a cumprir. A duvida é que além destes 17 dias tambem só posso usar roupas clara, restritas de alguns alimentos e por fim tenho que usar 2 contraegum 1 em cada braço e mas 3 guias no pescoço ( rosa,branca e verde)...Isto é assim mesmo???

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá irmã(o), sobre o resguardo isso fica a cargo da cultura da casa, isso também pode mudar de cultura para cultura, e de ebó para ebó, então caso você tenha alguma dúvida sobre o tempo e as restrições procure alguém que seja da casa para te esclarecer. Tudo bem que eu ache que 17 dias de resguardo pode ser um pouco elevado para um Ebó, mesmo assim não faça nada que vá de contra o que lhe foi determinado (tabú, ewó, restrições). Sorte axé irmã!

      Excluir
    2. alberto meu futuro zelador queria te perguntar sobre esta afirmação que o rapaz falou sobre o trabalho que ele fez para tirar a pomba gira maria mulambo?? isto existe?? como assim tirar a maria mulambo é uma pomba gira maravilhosa pelo que sempre soube antes de falar tem que pedir agô para ela pois so aceitou este nome pela humildade dela e quando vem é a um consulente é para tirar o mulambo da pessoa e torna la nobre com ela é !!! mas me responde meu querido amigo como assim tirar maria mulambo ?? isto existe ??? beijos e muitos abraços te adoro de coração espero um dia poder conhece lo !!!

      Excluir
    3. meu querido e futuro baba alberto ((rss)) queria lhe perguntar mais uma coisa entre tantas dúvidas que tenho pois amo minha religião . Queria saber se é verdade que o primeiro ebó sempre quem precisa fazer é o babalorisá pois contera rezas e muito asé dele para tranmitar este trabalho coisa que o filho hainda esta em processo de aprendizagem é verdade mesmo que o primeiro ebó quem faz é o pai??? beijos e muito abraço meu futuro baba rss

      Excluir
    4. Olá irmã tudo bem?! me desculpa demorar a responder, mas é que estava com Dengue. Olha sobre tirar a Pomba Gira não é interessante, pois ela faz parte dos Eguns Xebô (espíritos bons). que tem o papel de nos proteger. As vezes as pessoas apanham, são cobradas por Exú e acham que a solução é retirar a Entidade, sendo que esta foi designada para nos acompanhar, junto com outros Eguns protetores, inclusive o Macho. Sorte axé irmã!

      Excluir
  2. Oi meu pai de santo disse que eu preciso fazer un ebo , meus caminhos estao confusos e estou com um egun ele disse que preciso ficar 3 dias na casa acho que de resguardo isso ta certo ?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá irmã, olha isso vai depender do que mais tem para se fazer, pois ebó não retém o filho dias na casa, apenas em obrigações adicionais, então se certifique que realmente é só o Ebó de descarrego (saraieieô). Sorte axé!

      Excluir
  3. Uma pessoa pôde passar seu próprio ebo ja iniciada na religião

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ivonete, isso vai depender do Ebó, mas existe várias formas de você se limpar pessoalmente. Sorte axé!

      Excluir
  4. Quando a pessoa vai fazer um ebó,ela tem um relacionamento , ela não pode tocar ,beijar a pessoa com quem se relaciona?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Durante o processo nunca, agora depois, isto irá depender de cada cultura (candomblé, Ifá, Nações) irmã. Sorte axé!

      Excluir
  5. BOA NOITE AMIGOS.FIZ ESSE BANHO ME SINTO TAO BEM.AGORA É ESPERA QUE MEUS CAMINHOS ABRIREM..AXÉ TODOS.

    ResponderExcluir
  6. Olá caros amigos e irmãos de fé. Sou Cleber de Xangô.
    Uma dúvida tenho estudado alguns pontos sobre ebó.
    Minha dúvida. Ebó é uma oferenda ou sacrifício que fazemos em pedido ou agradecimento ao orixá entregando em algum ponto de força (natureza), ou é um "banho"? Passasse os elementos no corpo da pessoa e depois despacha-se?

    ResponderExcluir
  7. Irmão EBÓ é um termo utilizado, não significa apenas limpeza, os elementos são passados no corpo para troca de energia (dependendo o que está se fazendo). Nos encaminhamos para que se conclua o ritual e alguém o receba (Exú) e leve a oferenda até os céus para que possa trazer de volta o Axé.

    ResponderExcluir

Você da Umbanda ou do Candomblé que quer deixar uma observação fique a vontade, seu comentário será de ajuda para mim e para os outros leitores do site que estão a procura de aprendizagem. Sorte axé para todos irmãos.

Blogroll
Religião
Spirituality Blogs - BlogCatalog Blog Directory Central Blogs Juntos no Candomblé

Criado para divulgar a religião do Candomblé e a Umbanda, falando sobre Orixás, Entidades, Caboclos, Ifá, Cultura Afro-brasileira, para que os seguidores de nossa tão linda religião cada vez mais se enrriqueça de sabedoria e cultura. Axé para Todos!!! Licença Creative Commons
Obra de divulgação, não deve ser comercializada de nenhuma forma. Não é permitido copiar artigos do blog sem a devida autorização do autor..
.

Divulgar Blogs

back to top