Umbanda Pontos Cantados – Parte 1

Posted by Alberto Ebomi at 16:58 0 Comments

Umbanda parte 1A coleção Umbanda Pontos Cantados é realmente uma grande quantidade de pontos tocados na Umbanda, para os Santos (Orixás e falanges), os Caboclos (são quase todos os tipos de Caboclo). Essas Cantigas de Umbanda realmente vão renovar seu aprendizado, tanto para os que são só umbandista, e também aqueles que são do candomblé. A coletânea tras nada mais nada menos que mais de 400 pontos (se tiver algum ponto que não esteja na lista, por favor publique nos comentários para eu acrescentar e enrriquecer o acervo de Músicas de Umbanda. Na lista que irei dividir, pois irá ficar muito grande (+ 400 pontos tocados) vai de Oxum na Umbanda até os Pontos de Exú e Pomba Gira (que irei acrescentar fora toda a coleção). No Final de Cada postagem estarei publicando os links da rádio e os pontos para Escutar Pontos e Cantigas de Umbanda e Candomblé.

 

 

 

001  -
GUERREIRO DA MATA (ponto)
 
Sou filho do Vento da Mata,
Do Vento que vem e que vai,
Oçanhe me olhe e me ajude,
Oxóssi que é o meu Pai.
 
Guerreiro da Mata eu sou,
A vida me ensina a viver,
Sou filho do Vento da Mata,
Coragem, se tens, vem me ver.
 
Sou filho do Vento da Mata...
 
A lança que eu trago, eu fiz,
Meu arco não atira, em vão,
Na mata, onde eu sou feliz,
Levo sempre um escudo na mão.
 
Sou filho do Vento da Mata...
 
Guerreiro de Tribo Valente,
A brisa da mata é meu ser,
Coragem eu trago na frente,
Que Oxóssi me dá, pra vencer.
 
Sou filho do Vento da Mata...
 
002
 
O LÍRIO DO CABOCLO
 
O lírio, o lírio ê, o lírio, o lírio ê,
O lírio, o lírio ê, o lírio.  (bis)
O lírio é uma flor tão linda,
Que enfeita o Juremá. (bis)
Seu Serra Negra apanhou,
O seu bodoque e a sua flecha,
Sua ema foi caçar. (bis)
Atravessou toda a floresta,
Numa noite de luar. (bis)
O lírio, o lírio ê, o lírio, o lírio ê, o
lírio, o lírio ê, o lírio. (bis)
 
003 – Ponto OXÓSSI
 
Quem mora na mata é Oxóssi,
Oxóssi é caçador,
Oxóssi é caçador.
Eu vi meu pai assobiar,
Eu mandei chamar.
Vem da Aruanda ê,
Vem da Aruanda a,
Pai Pena Branca,
Vem da Aruanda,
Vem na Umbanda.
 
004 – Rompe Mato
 
Oxóssi mora debaixo da Gameleira,
Debaixo da Gameleira,
Salve Rompe Mato,
Salve Arranca Toco,
Salve o Tira Teima,
Ele é Caboclo,
Em qualquer lugar,
Firma seu ponto,
Sem medo de errar,
Só não me toque,
Nas palmas da Jurema,
Sem a Lei Suprema,
Do Pai Oxalá.
 
005
 
No tronco de uma árvore eu vi,
Eu vi amarradas suas mãos,
Era Oxóssi o Rei das Matas,
O meu glorioso São Sebastião.

006
 
Cacique Oxóssi é Rei lá no sertão,
Baixou nessa Ceara,
Com a pemba na mão.
Ensina os teus filhos a girar,
Ensina os teus filhos a girar.

007 – Caboclo Oxosse
 
Oxóssi ê ê, Oxóssi ê a,
Ele é o dono das matas,
Onde canta o sabiá,
Ele é o dono das matas,
Onde canta o sabiá,
Pena Branca mandou lhe chamar,
Jaguarema e Tupinambá,
Oi lá nas matas onde canta a
Iracema,
Pra Oxóssi e pra Jurema,
O seu ponto eu vou cantar.
 
008 – Ponto Oxossi
 
Oxóssi assobiou, oi lá no Humaitá,
Oxóssi assobiou, oi lá no Humaitá,
É Ogum quem está de ronda,
Cavaleiro de Oxalá, (bis)
É Ogum quem está de ronda,
Na porta desse Congá, (bis)
Ele só da entrada,
Para os filhos de Oxalá. (bis)
 
009 – Ponto Oxossi
 
Quem manda na mata é Oxóssi,
Oxóssi é caçador,
Oxóssi é caçador,
Eu vi meu Pai assobiar,
E eu mandei chamar,
Vem de Aruanda vem,
Vem de Aruanda,
Seu  Pena Verde, é de Umbanda,
É de Aruanda é, é de Aruanda é.
 
010 - CABOCLO PENA BRANCA 

Pena Branca!...  Pena Branca!...
Tem penas para voar!... (bis)
Eu venho pra ver meu povo!...
E volto pra Oxalá.... (bis)

011  - Ponto Pena Branca 
 
Okê Caboclo!...  Okê Caboclo!...
Pai Pena Branca da raiz do Uru-
cá. (bis)
Quanta beleza!...
Pai Pena Branca,
É um bamba no Congá,
Seu Pai Tupã,
Que é Rei das Matas,
Que lhe dê forças,
Pra sempre nos ajudar.
 
Okê Caboclo!...   Okê Caboclo!...
Pai Pena Branca da raiz do Uru-
cá. (bis)
E nos meus versos!...
Eu ofereço toda a minha gratidão,
Grito bem alto, Okê Caboclo!...
Pai Pena Branca mora no meu
coração.
 
012
 
CABOCLO ARRANCA TOCO
 
Caboclo Arranca Toco,
A tua luz é minha guia,
Tu és Oxóssi,
És filho da Virgem Maria,
A tua luz ilumina no escuro,
Todos os filhos do Terreiro,
Estão seguros.

….. Continua no próximo artigo!!!

013
 
CABOCLO VENTANIA
 
Jurema sua flecha caiu,
E ninguém sabe,
E ninguém viu,
Eu vou chamar,
O Caboclo Ventania,
Só ele sabe,
Onde a flecha caiu.

014
 
Ogã segura o toque,
Com Deus e Virgem Maria, (bis)
Pôr Oxalá, meu Pai,
Saravá seu Ventania. (bis).

015 – Caboclo Ventania
 
Oi, rouxinol ventania,
Rouxinol, ventania.
Na raiz da arucáia,
Sua cobra é um segredo,
Ele mora no lajedo,
Sentado na beira-mar.
 
016 - CABOCLA JANDIRA
 
Quem quer viver sobre a terra,
Quem quer viver sobre o mar,
Salve a Cabocla Jandira,
Salve a Sereia do Mar.
 
Oê, oê, oê...  oê, oê, oa...
Oê, oê, oê...  Jandira. (bis)
 
017 - CABOCLA JUREMA TRON-
QUEIRA

 
A Estrela d'Alva lá no Céu apareceu,
As matas de Oxóssi iluminou...  (bis)
Jurema Tronqueira!...
Saia das matas com seus filhos,
O Juremedo. (bis)
Cabelos longos, olhar distante,
Sua galera enternecida, o Juremedo,
Jurema Tronqueira!...
Saia das matas com seus filhos,
O Juremedo. (bis)

018 - CABOCLA JUREMA FLECHEIRA
 
Jurema é flecheira,
Quem é, que diz, que não...
É flecheira do fundo do mar,
Da Falange de Ubiratã. 
 
019 - CABOCLA JUREMA
 
Lindo cocar de pena,
Que ganhou,
A Cabocla Jurema!...
Quem lhe deu,
Foi meu Pai Oxalá!...
Oê, oê, oá ... 
 
 
020 -CABOCLA JUREMINHA
 
Ô Jureminha,
Urubatão está chamando...
Na sua mata virgem,
Uma coral piou... (bis)
Ôi firma o ponto Jurema,...
Rainha do Juremá.
Ela é a Cabocla,
Filha de Tupinambá. (bis)
 
021 
CABOCLA JUREMA
 
Cidade de Jurema teve um tiroteio,
Sua cabana ela abandonou,
Oi Juremê, oi Juremá,
O Rei das Matas mandou lhe chamar.


022 – Ponto de Jurema

Eu já mandei fazer,
Três capacetes de penas. (bis)
Um é pra Jupira,
Outro pra Jandira,
E o outro, pra Jurema.
 
023 - Jurema
 
Companheiros da Jurema,
Não deixem suas matas sozinhas. (bis)
Lá tem coisas preciosas,
E a Jurema é a Rainha. (bis)
 
024 – Ponto Oxalá chamou
 
Oxalá chamou,
Oxalá chamou...
E já mandou buscar,
Os Caboclos da Jurema,
Oi lá no Juremá.
 
Mandai, mandai...
Minha Cabocla Jurema,
Os seus flecheiros,
Essa é a ordem suprema.
 
Oxalá chamou,
Oxalá chamou...
E já mandou buscar,
Os Caboclos da Jurema,
Oi lá no Juremá.
 
Pai Oxalá...
Ele é o Rei do Mundo inteiro,
E já deu ordens pra Jurema,
Mandar seus capangueiros.
Oxalá chamou...
Oxalá chamou...Oxalá chamou...
Oxalá chamou...

Escute Cantigas de Candomblé Aqui. Escute Pontos de Exú na Umbanda Aqui.
Escute a Rádio Espírita, Cantigas, Pontos, Batuques, etc.


Compartilhe

Siga por Email

Inscreva-se em nossa lista de E-mail. Nunca'iremos compartilhar o seu endereço de e-mail.

0 comentários:

Você da Umbanda ou do Candomblé que quer deixar uma observação fique a vontade, seu comentário será de ajuda para mim e para os outros leitores do site que estão a procura de aprendizagem. Sorte axé para todos irmãos.

Religião
Spirituality Blogs - BlogCatalog Blog Directory Central Blogs Juntos no Candomblé

Criado para divulgar a religião do Candomblé e a Umbanda, falando sobre Orixás, Entidades, Caboclos, Ifá, Cultura Afro-brasileira, para que os seguidores de nossa tão linda religião cada vez mais se enrriqueça de sabedoria e cultura. Axé para Todos!!! Licença Creative Commons
Obra de divulgação, não deve ser comercializada de nenhuma forma. Não é permitido copiar artigos do blog sem a devida autorização do autor..
.

Divulgar Blogs

back to top